A Ilha de Páscoa (Isla de Pascua) é uma das ilhas habitadas mais isoladas do mundo. Seu nome indígena é Rapa Nui. Pertence ao Chile e situa-se no Oceano Pacífico, a 3.540 km a oeste da costa da América do Sul, no grupo de ilhas da Polinésia, abaixo do Trópico de Capricórnio.

Foi formada por atividades vulcânicas. Possui forma triangular e área de 163 km². O ponto mais alto é o Monte Terevaka, com 507 m de altitude.

A época da chegada dos primeiros habitantes é incerta. A Ilha foi colonizada por polinésios, por volta do século 4 da Era Cristã. As grandes estátuas de pedra, conhecidas como moai, foram esculpidas entre os séculos 10 e 16.

Foi visitada na Páscoa de 1722, pelo explorador holandês Jakob Roggeveen. Ele relatou que seus habitantes tinham tipos físicos mistos e que prostravam-se para o Sol nascente, enquanto reverenciavam as grandes estátuas com fogo. Em 1770, uma expedição espanhola foi enviada à Ilha. Estima-se que, nessa época, a população local era de cerca de 2 a 3 mil habitantes, mas foi reduzida a 111, em 1877, devido a doenças e a busca de escravos para o Peru. Em 1888, a Ilha da Páscoa foi anexada pelo Chile.

Mais: Municipalidad de Rapa Nui

 

 

Ilha Pascoa

 

Estátuas gigantes de pedra chamadas de moai. Foram esculpidas em rochas vulcânicas e espalhadas por toda a ilha. São cerca de 600 e algumas possuem cerca de 12m de altura.

 

Mapa

 

Rano Kau

 

Estatuas

 

Cratera do Rano Kau, um vulcão extinto no sul da Ilha de Páscoa, que abriga um lago de água doce.

 

Oceania

Chile

 

Ilha Pascua mapa

 

Hawaii

 

Monumentos da Ilha de Páscoa, cerca de 1775, pelo artista inglês William Hodges.

 

 

Estátuas gigantes na praia de Anakena.

 

Rapa Nui

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Oceania Turismo e Geografia. Isla de Pascua, Oceano Pacífico.

 

Globo

 

 

Ilha de Pascoa

 

 

 

 

 

 

 

 

NOAA